Clicky

Nuvens de Veneno

Parceiro: Educação pelas Imagens27/08/2014

O Programa de Saúde Coletiva e Saúde do Trabalhador no Agronegócio, realizado pela FIOCRUZ, com apoio do Projeto “Educação através das Imagens”, desenvolvido no âmbito do Instituto de Economia da UFRJ, finalizaram uma etapa de suas atividades realizada no estado do Mato Grosso. Essa etapa consistiu na produção de um documentário sobre o uso de agrotóxico na lavoura de grãos (milho, soja) e algodão naquele estado.

Este documentário foi produzido em parceria com o centro de pesquisa da saúde coletiva, coordenado pelo Prof. Dr. Wanderley Pignati,  do curso de Medicina da Universidade Federal do Mato Grosso. O argumento do referido documentário foi construído tendo como base os resultados das pesquisas realizadas pelo professor Pignati. Essa pesquisa analisa os impactos ambientais e sociais provocados pelo uso intensivo desses produtos naquele estado. O objeto dessa produção visual consiste fundamentalmente na produção de um material pedagógico para uso na educação, seja para formação de profissionais da área da saúde, como para socialização de informações nas escolas, grupos de pesquisas,  movimentos sociais e outras entidades afins.

As filmagens para a produção desse documentário foram realizadas em 2010 nas cidades de Lucas do Rio verde e Campo Verde no Mato Grosso. Os temas abordados pela pesquisa e desenvolvido no documentário consistem no impacto do uso de agrotóxico nos postos artesianos da área rural e urbana, nas nascentes dos rios que formam as bacias hidrográficas dos rios Araguaia e Tocantins e do Prata formado por rios que cruzam biomas específicos de reservas ambientais, como o Pantanal, e áreas de reservas indígenas. Além desses aspectos, o documentário aborda as consequências da transmissão dos agrotóxicos pelo ar seja na saúde coletiva seja na saúde dos trabalhadores.

O roteiro do documentário foi construído a partir de entrevistas realizadas com representantes de diferentes segmentos sociais: trabalhadores, pesquisadores, dirigentes sindicais, agentes de saúde, sindicalistas, promotores públicos, diretoras de escolas rurais e urbanas. Muitas dessas entrevistas fizeram referencia ao código florestal e as consequencias dos desmatamentos para as nascentes dos rios. Essa abrangência de assuntos permite que o documentário “Nuvens de Veneno” possa contribuir para a reflexão e debate sobre assuntos tão relevantes junto aos diferentes segmentos sociais.

 

LEIA MAIS:

Relato da SESSÃO ESPECIAL – Impacto do uso de agrotóxico no agronegócio de grãos em Mato Grosso e lançamento do vídeo Nuvens de Veneno

Saúde do trabalhador rural em foco em dois documentários produzidos pela Fiocruz, por Daniela Muzzi

Ficha Técnica:
Coordenação Geral do Projeto: Carlos Minayo;
Direção e Roteiro: Beto Novaes;
Produção: Terra Firme, Videosaúde – Distribuidora, MP2 Produções;
Fotografia: Cleisson Vidal;
Assessoria de Conteúdo: Wanderlei Pignati, Carlos Minayo;
Edição: Gislaine Lima;
Realização: IE-UFRJ, Secretaria de Estado de Saúde-MS, FioCruz, Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca