Clicky

pintura: picasso

Sementeia é uma plataforma digital multimídia que tem por objetivo produzir sementes e semear. As sementes são conteúdos desenvolvidos numa concepção de livre produção e circulação de materiais audiovisuais, textos, vozes, sons e imagens. Sua concepção busca privilegiar uma linguagem multimídia e a produção colaborativa entre nossos parceiros sobre grandes temas relacionados a propostas para mudança e ações de resistência no campo e na cidade. Alguns assuntos, que farão parte de nossas primeiras semeaduras, estão relacionados a questões como: trabalho rural, movimentos camponeses, agroecologia, economia solidária, comunicação popular e mídia-livre.

 

A Sementeia pretende-se ser terra fértil para germinar, criar e compartilhar. Um espaço no qual as sementes se mesclem, formem sementes híbridas, multipliquem as espécies crioulas e formas de resistência que mantém o princípio da vida: potência, desenvolvimento, adaptação, autonomia e beleza. A Sementeia não é uma terra de monocultivos porque pretende fomentar uma diversidade de posições críticas em sementes. Cada parceiro/semeador terá autonomia para postar o material e as informações que julgar pertinentes e importantes de serem compartilhadas.

 

Pretende desenvolver-se também como teia, que é enredada e conectada dia a dia e para que assim esta concepção se transforme desde seu interior e as produções colaborativas cresçam. Uma teia suficientemente flexível e resistente para possibilitar produções coletivas e ser o nascedouro de projetos de sensibilização, mobilização e transformação social, que sejam alimentados por relações de solidariedade e profunda empatia social e ambiental. A teia que se formará entre todos os parceiros permitirá que nossas sementes possam crescer fortes e livres do jugo do silêncio imposto pela cultura de massa e que estimulem a reflexão e o exercício de transformação e não subordinação a qualquer ideologia, mesmo que “politicamente correta”.

 

Que a gente semeie a solidariedade!

Que a gente cultive a reflexão e autonomia!

Que a gente colha os múltiplos sabores, saberes e a sabedoria!

Que a gente viva a liberdade de pensar e sentir!

 

Histórico do projeto Sementeia

 

 

A Sementeia foi concebida por um coletivo que se formou a partir da participação de pesquisadores e ativistas ligados a Unicamp, ao movimento social de luta pela terra (Grupo de Comunicação do Assentamento Milton Santos) e de luta pela internet livre Coletivo Saravá.

A Sementeia só foi possível de ser concretizada devido aos recursos da Pró-reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários/PREAC, aprovado junto ao 7º edital, PEC 2013 e apoio do docente: Antonio Carlos Rodrigues de Amorim  (Faculdade de Educação/Unicamp)

 

Contamos com uma equipe para a construção e concepção deste espaço: uma bolsista que sistematizou e preparou todo o material postado inicialmente na Sementeia Luciana Palhares de Souza, Hugo Melo que cuidou da construção do espaço virtual, com o apoio do bolsista Emerson Correa e, a artista plástica Ana Paula Luengo que concebeu a arte visual, com o apoio da bolsista Fernanda Resende Serradourada.

 

A Sementeia continuará a ser administrada por este coletivo que doravante se responsabiliza por compartilhar materiais e integrar novos integrantes e novos parceiros.

 

 Coletivo Gestor Sementeia

 

Kellen Junqueira – Pesquisadora Laboratório TerraMãe/Feagri/Unicamp

Diego Riquelme – Pesquisador Laboratório TerraMãe/Nepam/Unicamp

Márcia Tait – Jornalista, doutora pelo Departamento de Política Científica e Tecnológica (DPCT/IG) e professora participante do Mestrado em Divulgação Científica e Cultural (MDCC/Labjor/Unicamp)

Marcelo Vaz Pupo – Educador e estudante doutorado da Faculdade de Educação (FE)

Luciana Henrique da Silva – Docente Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) e Grupo de Comunicação do Assentamento Milton Santos

Hugo Melo – Coletivo Saravá

Janaína Welle – Mestra em multimeios pelo Instituto de Artes (IA) e em antropologia visual pela Universidade de Barcelona

Phillipe de Oliveira Assumpção Cesar – Estudante da Faculdade de Engenharia Agrícola (Feagri), bolsista SAE

Vanessa Santarosa – Estudante do Instituto de Biologia (IB), bolsista SAE

Bruno Lacerra – Estudante de Doutorado PPG Sociologia – UFSCar. Mestre em desenvolvimento territorial na América Latina e Caribe pela Unesp

Coletivo de Mídia Livre Vai Jão

 

Apoio:

Josely Rímoli – docente da Faculdade de Ciências Aplicadas-FCA/Unicamp


O site é uma instância de WordPress (software livre para blogs, utilizando um tema criado pelo próprio projeto). A partir dele, os diversos parceiros do projeto podem publicar suas produções audiovisuais dentro dos temas propostos na linha editorial com facilidade. Este site está sendo hospedado pelo Coletivo Saravá, um grupo que oferece estrutura computacional distribuída e anônima não-corporativa e não-governamental para movimentos sociais e para a sociedade em geral.