Clicky

Encontro Mineiro de Pedagogia Waldorf discute o empoderamento de comunidades

Parceiro: Vozes do Campo - LEC/UFVJM17/10/2016

Encontro ocorrido em São Gonçalo do Rio das Pedras (MG) promoveu vivências a partir de visitas à região*.

 

encontro-waldorf-6

 

Aconteceu em São Gonçalo do Rio das Pedras, em conjunto com a festa de Nossa Senhora do Rosário, a 5ª edição do Encontro de pedagogia Waldorf Mineiro neste feriado de 8 a 11 de outubro de 2016. Com o tema “A Trimembação Social: Bases para compreender, vivificar e empoderar comunidades” o encontro trouxe vivências a partir de visitas à região para conhecer a natureza, a cultura, alguns projetos e ações comunitárias.

O evento contou, ainda, com um resgate da visão de Rudolf Steiner, criador da pedagogia Waldorf, para identificar o conceito de Trimembação e os três pilares que sustentam a vida nas comunidades, sem os quais a sustentabilidade dá lugar à dependência. São eles:

⇒ A agricultura e a permacultura, e sua aplicação prática no meio urbano;
⇒A bioconstrução, o resgate do fazer manual e o contato com a terra;
⇒A alimentação, provocando o indivíduo a repensar e resinificar o caminho do alimento e as práticas alimentares

encontro-waldorf-5

O local escolhido, como em edições passadas, foi a sede da Associação Comunitária de São Gonçalo, a FUNIVALE. O evento também contou com outras atividades de campo em diversos sítios de São Gonçalo e no ‘Jardim Waldorf’, em Milho Verde. Aconteceram mutirões, palestras e atividades com os anfitriões, que garantiram grande interação com a comunidade local. Mayan, aluna do 6º módulo da Licenciatura em Educação do Campo (LEC) da UFVJM, guiou uma das atividades relacionada com permacultura e bioconstrução, a partir de um exemplo prático desses tipos de técnicas, no sítio onde, em conjunto com seu companheiro, construíram a própria casa.

Ao final do encontro, cada participante saiu munido de novos conhecimentos e ferramentas práticas para atuar individualmente e em comunidade, melhor preparado para usar seu próprio potencial e o do seu local de atuação.

 

—————-

* Por Pablo Bedmar Soria, estudante do módulo II da Licenciatura em Educação do Campo (LEC) – UFVJM