Clicky

Conselho Comunitário do curso Educação do Campo UNIPAMPA

Parceiro: Observatório da Educação do Campo - RS11/04/2017

Nos dias 07 e 08 de abril aconteceu, em Dom Pedrito-RS, o primeiro encontro do Conselho Comunitário do curso de Educação do Campo – Licenciatura, da Universidade Federal do Pampa. Veja abaixo o vídeo criado por uma estudante do curso que está iniciando seu contato com edição audiovisual, e em seguida o relato das atividades.

Encontro de formação do Conselho Comunitário do Curso de Educação do Campo – UNIPAMPA – Dom Pedrito

Com a participação do MST, de Movimento Quilombola, Movimento Sindical de Trabalhadores Rurais, Secretarias Municipais de Educação, Escolas do Campo de Livramento, Candiota, Hulha, Dom Pedrito, Bagé acontece hoje, 07/04/2017 o I Encontro para formação do Conselho Comunitário do Curso de Educação do Campo – UNIPAMPA – Dom Pedrito.

O Conselho Comunitário é um órgão de assessoria e consultoria junto à Comissão e à Coordenação de Curso da Educação do Campo, acompanhando e sugerindo melhorias relativas às matérias de interesse coletivo e comunitário, quando assim for demandado. Este conselho será composto por um Representantes Comunitários dos municípios de domicílio dos acadêmicos regulares do Curso de Educação do Campo – Licenciatura da UNIPAMPA. O CCLECampo será presidido pelo Coordenador do Curso de Educação do Campo – Licenciatura da UNIPAMPA e reunir-se-á, semestralmente, antes do início de cada Tempo Universidade.

O Curso de Educação do Campo – Licenciatura, comprometido em concretizar a missão institucional da UNIPAMPA, tem por objetivo geral formar educadores (as) para atuação na Educação do Campo, como docentes nos anos finais do Ensino Fundamental e no Ensino Médio na área das Ciências da Natureza, capazes de realizar gestão de processos educativos, gestão de instituições de educação básica e desenvolver estratégias de ensino-aprendizagem, que visem à formação de sujeitos autônomos e criativos, bem como, de investigar questões inerentes à sua realidade e à sustentabilidade da vida no campo, estimulando a formação continuada, tanto pela reflexão sobre a própria prática, como a continuidade de estudos em programas de pós-graduação. Busca-se com o curso de Educação do Campo especialmente atender uma demanda reprimida de formação de professores ainda mais quando se pensa na especificidade do campo e na formação para atuar no Ensino de Ciências anos finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio.

O curso é dividido em semestre de verão e inverno, organizado pelo regime de alternância. Em cada semestre ocorrerá o Tempo Universidade e Tempo Comunidade. No semestre verão o TU ocorrerá nos meses de janeiro e fevereiro e o TC nos meses de março, abril, maio e junho. No semestre inverno o TU ocorrerá nos meses de julho e agosto e o TC nos meses de agosto, setembro, outubro e novembro. No TU o curso funcionará em período integral. No TC os estudantes cumprirão a carga horária prevista de acordo com a dinâmica da comunidade e do cronograma das atividades previstas em cada semestre.
A proposta metodológica do curso se baseia em eixos que objetivam garantir a transversalidade e a interdisciplinaridade da formação. Desta forma, o eixo orientador visa a responder ao desafio da complexidade do seu próprio objeto de estudo, ou seja, a necessidade de encontrar indicativos conceituais e metodológicos para oferecer formação docente contextualizada e consistente, tornando-se um sujeito capaz de propor e implementar as transformações político-pedagógicas necessárias à rede de escolas que hoje atendem a população que trabalha e vive no e do campo.