Clicky

Mais vale uma Juçara em pé!

Parceiro: Sementeia07/03/2018

Era uma vez uma Mata Atlântica…. seus segredos maravilhosos se revelam e eis que surge a rainha da mata com sua triste sina. Mas há esperança no ar, o pasto que vira mato e o mato que vira mata. Mata, mãe soberana. O caminho é somente um: AMAR E CUIDAR DA TERRA!!

Elementos que pautaram a escolha de nosso vídeo: Mais Vale uma Palmeira em pé!

A escolha do tema se deu pelo nosso envolvimento em vários âmbitos com a Juçara, inclusive no âmbito emocional e foi fundamental o contato prévio que uma das integrantes de nossa equipe -Suzana- tem, desde 2012, com a comunidade de Rio Preto, em Sete Barras, onde fizemos todas as captações, ela inclusive realizou o trabalho de campo do seu doutorado nesta comunidade.

Optamos por desenvolver um vídeo com uma proposta mais artística muito influenciadas pela inspiração que o vídeo “O som do tempo” nos trouxe.

A produção foi realizada no Bairro Rio Preto, município de Sete Barras por meio do contato prévio da Suzana. Ela conversou com uma liderança que falou com algumas pessoas da comunidade. Cada membro da equipe conhecia o pré roteiro e a ideia do que desejávamos. A definição de papéis na equipe foi espontânea e como tivemos uma boa sintonia, tivemos espaço para deixar fluir nossa criatividade e também pra fazermos o que estávamos sentindo e fomos alternando as funções.

Por ser a primeira vez percebemos algumas falhas na filmagem, como tremidas, braços indesejáveis aparecendo, comentário inoportuno no meio de um áudio bom, falhas percebidas apenas no momento da decupagem (que nos rendeu muuuuitas risadas). Sentimos ainda uma certa dificuldade neste momento para escolher as imagens e áudios.

O nosso vídeo foi resultado de um processo cuidadoso que fizemos com muito carinho e estamos não somente contando uma história, mas expressando a essência da nossa vivência com o tema. Sentimos que o produto final foi se revelando e tomando forma a medida que nos sintonizamos e nos envolvemos profunda e plenamente com o processo. Foi muito mágico.

Participação no SEDA

O vídeo foi exibido na Semana do Audiovisual – SEDA em Campinas, onde contamos um pouco sobre como foi a experiência de produção do vídeo.
Assista aqui a participação no SEDA.

Participação no Evento local IV Seminário Frutos da Mata Atlântica
O vídeo foi exibido neste evento onde estavam presentes  algumas das pessoas que participam do vídeo. Após a exibição houve um momento de debate em plenária quando houveram retornos positivos em relação às possibilidades de utilização do vídeo em aulas e oficinas, o que pode contribuir para um melhor manejo e reconhecimento da Juçara.

 

 

Exibição para os/as protagonistas do vídeo

O vídeo foi exibido para os/as protagonistas em suas residências por meio de um notebook. Estes foram momentos bem animados com aprovação geral da narrativa e do vídeo.

 

Equipe de concepção/criação/realização: Adriana Sartori Faria, Daniela Di Grazia Carvalho, Francine de Camargo Procópio e Suzana Marques Rodrigues Alvares

Edição: Adriana Sartori Faria, Daniela Di Grazia Carvalho, Francine de Camargo Procópio, Suzana Marques Rodrigues Alvares e Luiz Ricardo dos Santos

Animação: Luiz Ricardo dos Santos

Voz: Dara Di Grazia Carvalho Falleiros

Musicas e Prece: Matança – Xangai, Faixa 1 do CD Soprador de vidro – Gil Jardim, Sintropia – Marcelo Martins Ribeiro, Somos Mãe Terra – Esther Pallares, Bagunça – Canta Vento, Benke – Milton Nascimento e Prece ao sol e à Terra – Escolas Waldorf

Duração: 9 minutos

Vídeo produzido no âmbito da Disciplina e Curso de Extensão “Meio Ambiente, Questão Agrária e Multimeios” – 1º Semestre 2015, realizado pelo Laboratório TerraMãe – Feagri, Nepam e IA/ Unicam.