Clicky

Estreia oficial da publicação OLHARES DO CAMPO

Parceiro: Olhares do Campo11/10/2018

Olá a todas e todos!

Com grande satisfação, anunciamos a estreia oficial da publicação OLHARES DO CAMPO, boletim dedicado às comunidades rurais de Minas Gerais, o qual pode ser acessado clicando AQUI.

O boletim é fruto de um projeto de ensino da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFJVM), aprovado no edital PROAE 10/2018 da PROGRAD. Configura-se como um laboratório de comunicação comunitária, com foco na produção de matérias jornalisticas por e para comunidades campesinas tanto para um boletim bimestral, quanto para o site olharesdocampo.org

Vamos fazer esse material circular? O formato do boletim foi pensado em especial para ser impresso e afixado em murais, em espaços públicos e de circulação, alcançando o máximo de leitores interessados. Como o projeto não é contemplado com verba para impressão, pede-se o apoio da comunidade para essa divulgação. Sugere-se que cada leitor possa fazer a impressão e a afixação de um exemplar em espaços como escolas, sindicatos, associações, comércios locais. Se você quer fazer a diferença, imprima o material e afixe em um local de sua comunidade que você sabe que terá circulação de pessoas! Se quiser tirar uma foto do material afixado na comunidade, envie para nós, informando também o local e a comunidade em que o material foi afixado.

As matérias também são divulgadas no facebook, através da seguinte fan-page do facebook: https://www.facebook.com/olharesdocampo/

Acesse e divulgue!

Mais sobre o projeto:

O projeto, vinculado à Licenciatura em Educação do Campo (LEC) da universidade, conta com uma equipe de editores, revisores, consultores e redatores que operam de modo colaborativo no processo, tendo o próprio trabalho como princípio educativo. Assim, todos os envolvidos estão em contínuo processo de aprendizado. Nas pautas produzidas pelos estudantes do curso, abordamos temas como as eleições, o envolvimento da família nas escolas em Serro-MG, práticas altenativas de plantio na comunidade Pratinha (Ataleia) e sobre o papel da religião na região de Alto Rio Pardo. Isso, além de uma seção dedicada à popularização científica e troca de saberes. Neta edição, tematizamos elementos químicos presentes na produção de vinho e, mais que isso, ensinamos um processo tradicional de fabricação de vinho artesanal.

O processo também conta com colaboradores externos à universidade. Para essa edição, tivemos a participação de professores da Escola Estadual Pe. João Afonso, situada na comunidade de mesmo nome, em Itamarandiba. Enquanto a prof. Ivani e demais colegas assinam a matéria sobre a iniciativa de uma horta na escola como atividade educativa, a prof. Ângela Rita destaca a manifestação cívica e a luta por direitos ocorrida no dia da independência, em setembro. Também colabora para a edição de outubro Neltinha, educadora da Escola Família Agrícola de Veredinha (EFAV), relatando a experiência de sucesso da Semana Paulo Freire, ocorrida em setembro na escola.

Todos são bem-vindos para participar e somar ao projeto! Ainda precisamos de algumas formas de apoio. Em especial, parcerias de pessoas com expertise em diagramação e revisão de texto, além de apoio para impressão e envio da versão impressa do boletim. Estamos, ainda, abertos a novas parcerias e propostas de construção e apoio. Quer colaborar e não sabe como? Entre em contato pelo endereço: olharesdocampo@gmail.com. Agradecemos toda forma de colaboração!

Equipe Olhares do Campo