Clicky

Mulheres no poder: A figura da presidenta Dilma desnudou o machismo na mídia?

Parceiro: Sementeia01/08/2016

Tendo por base estudos e teorias feministas, buscamos investigar e questionar através desse artigo as ferramentas que tornam possível a construção da identidade da presidenta Dilma Rousseff pela grande Mídia e como, ou, se isso se dá através de uma visão machista e patriarcal, ao se utilizar de preconceitos e prerrogativas de trabalho masculinas para desconstruir a qualidade do desempenho da então chefe da nação, não por meio de critérios objetivos, mas de um ponto de vista enviesado quanto ao gênero da governante. Também temos por objetivo discutir e tentar investigar até que ponto o desempenho da presidenta funcionou como forma de fomentar debates de gênero e quais foram os ganhos nesses setores durante o período de Governo, ainda que a presidenta não tenha se posicionado de forma contundente quanto à essas questões. Para realizar esse trabalho também nos apoiaremos nas premissas do sociólogo Boaventura de Sousa Santos utilizando-nos do conceito da “sociologia das emergências” para tal.

 

protest-155927_1280

 

Mulheres no poder: A figura da presidenta Dilma desnudou o machismo na mídia?

Autor: Igor Viginotti Canevare

Trabalho final realizado para a disciplina Tópicos Especiais em Ciência a Cultura  – Epistemologias situadas e engajadas – corpos, contextos e políticas na produção de conhecimentos”, ministrada pela Profa. Dra. Márcia Maria Tait Lima, no programa de mestrado em Divulgação Científica e Cultural, do Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo (Labjor), da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Acesse o artigo completo. Trabalho Final – Igor Viginotti Canevare

Mais sobre o tema:

Adesivos misóginos são a nova moda contra Dilma

Mulheres desequilibradas e o machismo estrutural